10 conselhos para criar boas newsletters

10 conselhos para criar boas newsletters

23 June, 2015 por NewsMDirector

 

10 conselhos para criar boas newsletters

As newsletters podem ser uma boa forma de manter uma comunicação fluida e direta com nosso público, mas devemos ter em conta muitos fatores na hora de realizá-la para que seja lida pelos receptores. Uma vez que nós conseguimos o passo mais difícil, que é conseguir resultar o suficientemente interessante para que uma pessoa se registre a nossa lista, chega o momento de oferecer-lhe conteúdo de qualidade e manter seu interesse de forma prolongada no tempo.

Uma newsletter não é mais que uma publicação regular que uma empresa manda a seus assinantes por email. A temática pode ser variada e pode incluir desde novidades de produtos até noticias da empresa ou ofertas periódicas.

Recordemos que se trata de um tipo de comunicação mais permissivo que outros meios já que para que conte com a autorização da pessoa para receber mensagens comerciais através do correio eletrônico por parte da empresa.
Antes de tudo, temos que ter clara uma coisa. Com a quantidade de e-mails (e spam) que as pessoas recebem em seus correios eletrônicos, devemos destacar para ser lidos e conseguir nosso objetivo. As pessoas apenas veem os assuntos e dedicam alguns segundos para ver o conteúdo dos e-mails, para isso devemos ser relevantes e atrair sua atenção ao máximo tempo possível.

Por isso, nós criamos esta lista com 10 conselhos para ajudá-los a criar newsletters efetivas.

1. Pensar no leitor

Um bom conteúdo é aquele em que se cruzam os interesses da empresa e as do leitor. Deve haver um equilíbrio entre as duas partes, mais é importante que não perdesse de vista que ha uma pessoa que lerá nossa mensagem e que esta lhe deve resultar relevante. Segmentar suas listas e personalizar os envios com os nomes dos assinantes pode ser de grande ajuda neste sentido.

2. Decida o design

O conteúdo é importante, mas também é importante a forma que é mostrado. Um bom design também forma parte do êxito de sua newsletter e pode ser uma boa forma de ser único e se diferenciar do resto. Utilize designs que se adaptem e que possam ser bem visualizado em todos os dispositivos e se for corporativo que o leitor identifique somente ao olhar.

3. Defina objetivos

O primeiro passo que se deve tomar na hora de realizar uma newsletter é perguntar a si mesmo “o que quero conseguir?”. Com isto, será muito mais fácil enfocar o trabalho e redigir seus conteúdos. Pode tratar-se de informar seus novos produtos, manter os usuários informados das novidades de sua marca ou oferecer ofertas ou descontos periódicos. Dependendo destes objetivos, todo mudará em sua newsletter, desde o tom que se utilize em sua comunicação até o design ou as imagens. Leva um tempo para decidir seu objetivo e sua estratégia, não continue sem que os tenha claros.

4. Preste atenção aos títulos internos

Os títulos internos favorecem a leitura e fazem o conteúdo mais digerível por parte do leitor. Nos tempos que vivemos e com a quantidade de e-mails que as pessoas recebem diariamente, não podemos parar para ler todos os e-mails que recebemos. Trabalhar os títulos internos é uma boa forma de resumir o que falamos na newsletter e que o leitor possa fazer um escaneamento rápido dos conteúdos e pare naqueles que lhes resultem interessantes.

5. Seja breve e conciso

Tem muito que ver com o que acabamos de te contar. As pessoas não dispõem de muito tempo para ler, por isso tentam decidir o máximo possível utilizando o menor espaço. Uma boa idéia pode ser oferecer um breve resumo de algumas poucas linhas e depois um link que leva ao conteúdo completo em nosso site. Também se pode utilizar outras formas de mostrar a informação que te permitam ser mais breve, como listas ou gráficos.

6. Utilize imagens para complementar a informação

Somos seres visuais e as imagens podem ser uma boa forma de capturar os leitores e leva-los a ação. Escolher as fotos adequadas é tão importante quanto escrever um bom texto, no que terão que combinar ambas as partes para criar um bom conteúdo. Dependendo de seu objetivo, terá que dar mais importância a uma parte ou a outra, mas o ideal é que tenha um equilíbrio e que as imagens sirvam para ilustrar o que esta contando e para impactar no leitor e fazer sua mensagem mais atrativa.

7. Trabalhar o cabeçalho

O cabeçalho é um dos elementos mais importantes da newsletter, já que é o primeiro impacto que a pessoa vê quando abre seu envio. Trabalhe muito esta seção e sobre tudo, faça com que seja única e reconhecível. O leitor deve ser consciente de que esta lendo seu newsletter desde o primeiro momento, se já tenha lido várias vezes e as anteriores já lhe resultaram interessantes, é um bom argumento para que siga lendo e não a elimine antes de continuar baixando.

8. No descuide do rodapé

Trabalhar o cabeçalho é tão importante quanto trabalhar o rodapé. Deve ser um elemento que termine a mensagem, que o faça redondo. Aproveite esta seção para deixar os dados de contato para que o leitor possa comunicar-se contigo ou dar feedback se o desejar. Também pode ser um bom momento para convidá-lo a compartilhar com seus amigos através de email e redes sociais.

9. Analise os resultados e relatórios

A melhor forma de continuar avançando e crescendo é aprendendo com nossos assinantes. A melhor forma de fazê-lo é analisando os resultados e as estatísticas de nossos envios. Que tipo de assuntos obtiveram mais êxitos? Ou que conteúdos geraram mais cliques? Podem ser algumas das perguntas que podem ser feitas para seguir afinando seus conteúdos e conseguir uma maior efetividade.

10. Seja regular

Se for acostumado a realizar um envio semanal as segundas-feiras, faça sempre assim. Não existe nada que despiste mais o leitor que a falta de regularidade. Como em tudo, pode haver uma exceção, sempre pode surgir algum problema, mais não deve ser a normal geral. Estabeleça um calendário de publicações e cumpra-o rigorosamente. É uma boa maneira de fidelizar aos seus leitores.

Está buscando uma Ferramenta de E-mail Marketing profissional?