Que tipos de filtros antispam existem? - MDirector.com

Que tipos de filtros antispam existem?

19 September, 2016 por NewsMDirector

filtros antispam

O principal inimigo de toda campanha de E-mail Marketing é o spam. Por isso, todos os ISPs dispõe de ferramentas ou filtros antispam que fazem com que o e-mail em spam nem se quer chegue a caixa de entrada de correio eletrônico dos assinantes.

Estes filtros antispam são métodos para classificar quais correios são considerado spam e quais são válidos baseando-se nas análises de identidade do remitente, que aparece no cabeçalho da mensagem e a análise do conteúdo do e-mail.

2 grandes tipos de filtros antispam

A nível global existem 2 grandes tipos de filtros antispam:

  1. Aqueles que identificam o spam a partir de certas características uma vez tenham escaneado todas as mensagens que chegam a caixa de correio. A partir daí, uma pontuação das características os inclui ou não em uma lista de spam.
  2. Os filtros antispam que identificam o correio spam utilizando abordagens estatísticas. Estes tipos de filtros são muito mais preciso mas é necessário treiná-los para que ofereçam frutos interessantes.

Partindo desta primeira classificação você pode encontrar-se com os seguintes filtros antispam:

  1. Bayesianos. São filtros antispam que detectam padrões partindo dos e-mails marcados manualmente como spam. Portanto, os filtros bayesianos baseiam-se na experiencia e vão aprendendo daquelas mensagens que os próprios usuários marcam como spam.
  2. Listas negras (Blacklists). As listas negras excluem tudo o que chega de determinadas IPs ou remitentes ao agrupar aos servidores que se conhecem que enviam spam ou que tem alguma vulnerabilidade que permite realizar spam. Também existem as listas brancas, que agrupam servidores de confiança que garantem que irá ser enviado a pasta de spam.
  3. Firewalls. A enorme quantidade de spam que temos faz com que tenhamos que lutar com os próprios filtros antispam. Os firewalls funcionam por reputação e com uma mistura de outros sistemas.
  4. Filtros Challenge/Response. São filtros insuperáveis mas pouco utilizados. Somente se superam se consegue que os usuários tenham adicionado você a sua lista de contatos.
  5. Filtros antispam baseados na reputação. A reputação depende de várias pontuações associadas a identificação do remitente que é determinada em função da direção IP do envio e do nome do domínio utilizado. A falta de reputação é a carência de um histórico de envios de e-mails de parte de um domínio ou IPs. Se deseja saber mais sobre esses temas, recomendamos você baixar o whitepaper “Tenho um problema de reputação em E-mail Marketing?”.

 

Como você vê, a escolha adequada da plataforma de E-mail Marketing é um elemento básico para evitar cair nas redes dos filtros antispam. Quer provar MDirector?

Está buscando uma Ferramenta de E-mail Marketing profissional?